quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Christian Dior!

Continuando com o assunto ícones da moda, hoje vou falar um pouquinho de Christian Dior, muitas vezes vc se pega morrendo de vontade de ter uma roupa, perfume ou acessório de marca famosa, mas nem sempre sabe realmente a quem elas pertencem, e até mesmo porque tem tanto glamour.
Considerado o new look da moda internacional até hoje, Christian Dior era uma pessoa de temperamento difícil e complicado, mas conhecia seu ofício quando desenhava seus croquis para a alta costura francesa. O estilista nasceu na cidade de Granville, balneário conhecido como a Mônaco do norte da França, em 21 de janeiro de 1905. Na época, a família Dior tinha uma boa situação financeira, seu pai era um próspero comerciante de fertilizantes, o que lhe garantiu uma infância e juventude tranqüila. Seriam as roseiras de sua mãe, Madeleine, que inspirariam o futuro estilista a criar seus modelos florais e orientais para, como dizia ele, “embelezar as mulheres”. Mesmo com o grande interesse em artes, especialmente o desenho, estudou ciências políticas, por influência de seu pai, com a intenção de seguir uma carreira diplomática. Após terminar o curso, gastou seu tempo viajando pela Europa, até que, em 1927, abriu uma galeria de artes, em sociedade com o amigo Jacques Bonjean. Eles chegaram a expor alguns trabalhos de amigos como Christian Bérar
Em meados de 1934, Dior enfrentou uma grave doença. E o que é pior, não podia contar mais com o dinheiro da sua família que, desde 1931, atravessava vários problemas financeiros. Em 1935, recuperado e disposto, começou a desenhar croquis para o Figaro Illustre, jornal parisiense que os publicava semanalmente na seção de alta costura. Depois de conseguir vender uma coleção de desenhos de modelos de chapéus, o inventivo Dior elaborou croquis de roupas e acessórios para várias maisons de Paris, até que, em 1938, ingressou de cabeça no mundo da alta costura ocupando o cargo de assistente do estilista suíço Robert Piguet. Nesse ínterim, explodia a Segunda Guerra Mundial e Dior foi convocado para a batalha, na qual atuou como soldado do corpo de engenheiros.
Em 1941, já trabalhando na Maison do estilista francês Lucien Lelong, conheceu o francês Pierre Balmain, que depois se tornaria um grande e importante estilista francês. Nessa altura, o estilista, então com 41 anos de idade, almejava ter a sua própria Maison e conseguiu concretizar o sonho com a ajuda financeira do então magnata e empresário dos tecidos, Marcel Boussac, no dia 16 de dezembro de 1946 com a fundação da The House of Dior. O lendário endereço, em Paris, o número 30 da Avenida Montaigne é o mesmo até os dias de hoje. No dia 12 de fevereiro de 1947 lançou sua primeira coleção chamada “Carolle Line” que contava com a revolucionária saia na altura do tornozelo, apelidada pela redatora da conceituada revista americana Harper’s Bazaar, Carmel Snow, de “New Look” (novo visual). Contendo inúmeras variações e novidades para época, a coleção se tornou um sucesso imediato, principalmente pelos ombros arredondados, cinturas acentuadas, saias rodadas, vestidos suntuosos, fartos, com cintura bem fininha e ombros à mostra. O modelo que se tornou o símbolo do “New Look” foi o tailleur Bar, um casaquinho de seda bege acinturado, ombros naturais e ampla saia preta prissada, que vinha quase até a altura dos tornozelos. Luvas, sapato de salto alto e chapéu completavam o figurino.
Além de causar fascínio pela sua elegância e luxo, o conceito do New Look vinha carregado de extravagância e exagero: vestidos tradicionalmente feitos com 5 metros de tecido, agora usavam até 40 metros. Ele conquistou de cara o mundo da alta costura pela ousadia e por causar impacto com suas roupas – afinal, para ele, “as peças eram feitas não somente para serem bonitas, mas também para chocar”. O estilista conseguiu mudar o conceito de praticidade e simplicidade das roupas femininas, até então uma necessidade dos tempos de guerra e uma tendência da moda criada por Chanel. Após alguns anos de reclusão, a mulher pós-guerra queria se sentir novamente feminina e estava ansiosa em recuperar a elegância e o luxo verdadeiro. Nos bailes, que à época se sucediam aos jantares, as mulheres ricas e célebres compareciam usando Dior. O estilista criou modelos extremamente femininos, luxuosos, sofisticados e elegantes, inspirados na moda da segunda metade do século 19. Os vestidos eram mais longos, o busto mais acentuado, a cintura bem marcada e as saias amplas.
Ainda em 1947 foi fundada a divisão de perfume, conhecida como Parfums Christian Dior, que iniciou suas atividades com o lançamento da fragrância Miss Dior, um verdadeiro clássico até os dias de hoje. Em apenas um ano, a coleção New Look teve mais de dez mil encomendas. A volta por cima da beleza feminina fez a cabeça de mulheres célebres como Eva Perón, Grace Kelly e Marlene Dietrich. Em 1949, dois anos após a inauguração, a Maison Dior já era responsável por mais de 5% das exportações francesas. Nesta época, Christian Dior já tinha uma casa de prêt-à-porter de luxo em Nova York, além de estar bem estabelecido para assinar contratos de licenças com empresas americanas. No ano de 1954, ele mudou tudo com a apresentação da linha H (H de haricot vert, uma vagem comprida): nada de busto e cintura apertada. Dior inovou mais uma vez ao imprimir estilo com vestidinhos tubulares que escondiam as formas. O vestido-saco revolucionou de forma surpreendente cabeças e corpos. Também criou modelos luxuosos, com muita seda e tule bordado, além dos vestidos de tecidos transparentes, com saias sobrepostas e comprimentos dos mais diversos.
A linha Y surgiu em 1955 e mostrava um corpo longo com a parte superior mais pesada, além de golas grandes que se abriam em forma de V. A linha A trouxe vestidos e saias que se abriam a partir do busto ou da cintura para formar os dois lados de um A. Com apenas 52 anos de idade e dez anos depois de fundar sua Maison, Christian Dior morreu precocemente em 23 de outubro de 1957 após sofrer um ataque cardíaco fulminante. Deixou um verdadeiro império do luxo, com 28 ateliês e 1.200 empregados. Os números impressionavam: em dez anos de existência, foram vendidos mais de 100 mil vestidos, um milhão e quinhentos mil metros de tecido decorados e 16 mil croquis realizados. Além disso, ele ingressou no mercado de massa em Nova York, foi capa da revista Time (segurando a inseparável tesouro de costura), e, ao democratizar suas criações, foi acusado de banalizar a cultura francesa. Estava adiante de seu tempo. Inaugurou lojas DIOR na Inglaterra, México, Cuba, Canadá e Japão. Para assumir a direção de criação da grife, após sua morte, foi escolhido o então jovem e talentoso Yves Saint-Laurent, que provocou protestos dos discípulos de Dior por ter criado peças poucos tradicionais para a marca, como jaquetas de couro e vestidos curtos.
Em 1962, Saint-Laurent resolveu abrir sua própria Maison, e em seu lugar assumiu Marc Bohan, um estilista francês mais experiente. Seus modelos mais influentes foram apresentados em 1966, baseados no filme Dr. Jivago, com casacos amplos de cintura apertada, vestidos longos e botas. No final desta década, dois acontecimentos foram de extrema importância para a marca: em 1967 a inauguração da primeira loja exclusivamente masculina (DIOR HOMME) e, em 1969, o estabelecimento da divisão de cosmético, que seria responsável por consolidar a marca DIOR ainda mais como um ícone do segmento de luxo. A partir de 1989, o italiano Gianfranco Ferré, em uma clara tentativa de renovação da Maison, foi escolhido como o novo nome da marca CHRISTIAN DIOR. Logo em sua primeira coleção ganhou o Dedal de Ouro oferecido pela empresa Helena Rubinstein ao melhor estilista de cada temporada. Em 1990, lojas sofisticadas da DIOR foram inauguradas em lugares luxuosos de Nova York, Los Angeles e Tóquio.
Desde 1997, o inglês John Galliano é o designer da grife e responsável pela criação das coleções de alta costura e prêt-à-porter feminino. E chegou para incendiar a marca francesa. O estilista assumiu o posto criativo da CHRISTIAN DIOR com o respaldo de nada menos que Bernard Arnault, o todo-poderoso do grupo LVMH, influente conglomerado do segmento de marcas de luxo, que havia adquirido a grife em 1984. Ao colocar Galliano, um rebelde, inglês e iniciante, à frente da Maison Dior, os franceses ficaram chocados. Porém, apenas um ano depois, a marca voltou a dar dinheiro. John Galliano causou uma reviravolta na DIOR. Houve dois “escândalos”, no bom sentido da palavra, que fizeram com que a marca voltasse aos bons tempos: a simples contratação de John Galliano e a “coleção dos mendigos”, que causou frisson ao desfilar modelos vestidos como mendigos na passarela. O estilista é convencido de que o esquisito, mesmo chocante, vende. Já colocou nas passarelas trapezistas, acrobatas chineses, monges Shaolin, freiras e esfinges. Considerado um gênio rebelde, o estilista comandante da DIOR falava pouco em público, mas não precisava disso para virar notícia. Em um dos seus últimos desfiles de alta costura, modelos exibiram vestidos em estilo império, recobertos de bordados preciosos. Enquanto isso, uma banda de hard rock tocava e destruía seus instrumentos a chutes e pauladas. Recentemente, no início de março de 2011, o estilista, filho de um encanador inglês e de uma espanhola, depois de ter sido suspenso de suas atividades após ter sido detido em Paris, acusado de insultos antissemitas, foi demitido pela marca francesa. O italiano Riccardo Tisci foi nomeado novo diretor criativo da maison.
Então meninas é isso, espero que vcs tenham gostado de conhecer a história desse homem que revolucionou o mundo da moda!..beijinhos até a próxima!!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

"Coco Chanel"

Uma mulher tem a idade que ela merece. Não há tempo para o corte-e-seca monotonia. Não há tempo para o trabalho. E tempo para o amor. Que não deixa outra hora! Elegância não consiste em colocar um vestido novo. Elegância não é prerrogativa de quem acaba de escapar da adolescência, mas daqueles que já tomaram posse de seu futuro. Elegância é recusa. A moda não é algo que existe apenas nos vestidos. A moda está no céu, na rua, moda tem a ver com idéias, a maneira como vivemos, o que está acontecendo. Desvanece-se de moda, estilo só permanece a mesma. Olhe para a mulher de vestido. Se não houver nenhuma mulher, não há vestido. Algumas pessoas pensam que o luxo é o oposto da pobreza. Não é. É o oposto da vulgaridade. Luxo deve ser confortável, senão não é luxo. Tempos difíceis despertar um desejo instintivo de autenticidade. Uma vez que tudo está em nossas cabeças, é melhor não perdê-los A fim de ser insubstituível um deve sempre ser diferente. Há pessoas que têm dinheiro e as pessoas que são ricas
.
Gabrielle Bonheur Chanel, (Saumur, 19 de agosto de 1883 - Paris, 10 de janeiro de 1971), mais conhecida como Coco Chanel, foi uma importante estilista francesa. Suas criações influenciaram a moda mundial. É a fundadora da empresa de vestuário Chanel S.A

"Água para elefantes"

Voltando aos livros eu acabei de terminar a leitura de "Água Para Elefantes" e estou encantada. O livro é lindo, de uma maneira diferente da que eu imaginava!
Jacob é um homem de 90 ou 93 anos ( o próprio sempre fica em dúvida sobre qual é sua idade. Só temos certeza se é 90 ou 93 no final do livro) e vive em uma casa de repouso. É difícil para ele passar seus dias ali, quase sempre sendo tratado como um inválido, exceto pela doce enfermeira Rosemary. Os dias são monótonos e, Jacob não vê muita graça neles. Até que o circo chega à cidade. Com a iminente visita ao circo ele relembra sua juventude. Como aos 23 anos dentro de um circo. Lá, ele conhece Marlena, a bela estrela do número com os cavalos e, esposa de August, o temperamental chefe do setor de animais. Também conhece e se apaixona por Rosie, a elefanta que parece incapaz de aprender qualquer coisa. Eu imaginava que esse livro fosse lindo, mas ele conseguiu me encantar mais do que imaginava. A história de vida de Jacob é uma linda e emocionante lição. Sara Gruen soube colocar todos os elementos necessários a uma boa história e os dosou na medida certa. Ação, drama, romance, tudo se combina de maneira impecável. E tendo o circo quase como mais um personagem, só fez somar. A parte da história que é retratando a vida de idoso de Jacob é de uma sensibilidade absurda. Parece que a autora realmente estava na pele de um homem velho, que não é o mesmo de antigamente, mas está longe de ser senil. Senti muita tristeza por ele. A vida às vezes é cruel demais. Tenho que ressaltar que achei a Rosemary uma graça. A única enfermeira que parece realmente enxergar o Jacob. O trata bem, mas não é excessivamente subserviente. Poderia passar o dia falando de cada personagem e de cada situação do livro, mas o que vale a pena dizer é que cada hora que passei lendo Água Para Elefantes foi bem gasta. Uma história linda, com personagens bem desenvolvidos e um desfecho... Tem que ler para saber.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Bijoux inverno 2012!

Pois é mulheres, que calor agoniante! Então vamos falar um pouquinho de tendência para o inverno, quem sabe até refresque um pouquinho...rs, e o assunto é: "Bijoux", lindas que eu amoooo.
Bem os queridinhos do inverno 2012 serão os Maxi Colares, lindos, charmosos e com muita pedraria, as cores tbém continuam fortes, porém em tons mais quentes, como coral, azul escuro ,marrom ,vermelho e verdes mais escuros.
Além dos colares super, os maxi anéis também estarão em alta, trazendo pedras como ônix, ágata, turquesa, malaquita e quartzo que garantirão um charme especial às jóias e bijuterias. A grande vantagem destas pedras, é que além de serem lindas e valorizarem qualquer look, ainda trazem um preço mais em conta do que as jóias que são mais raras e precisoas, e causam o mesmo efeito.
Vale lembrar que se vc não é adepta ao exagero, pode muito bem ficar na moda sem perder seu estilo, mas tente inovar, quem sabe um lindo colar de cores unicas e retos, mas que causam efeito.Vc vai ficar linda discreta e chique!
Então bonitas gostaram.....até a próxima....beijinhos!!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Unhas!

Mulheres, tenho visto durante essa semana e até eu mesma postei em minha página de uma das redes sociais, que o assunto "unhas" está muito em alta e a criatividade é realmente espantosa, kkkk mas isso não é ruim , muito pelo contrário, gosto é uma coisa muito particular, por exemplo no meu caso eu realmente prefiro cores únicas, amo os escuros, e mais rebeldes...
Assim como você tem sua preferência! Mas falando de combinações, moda e tendências, essa estação trouxe muito neon , colo bloking e adesivos com estampas de animal print e tudo que sua imaginação possa imaginar...isso quer dizer que vc pode ousar sim, escolha a que combina com você, varie e divirta-se com essas que dão um maior up! no visual, sim porque uma mulher para ser Rebelde e Chique também precisa estar sempre com as unhas muito bem feitas!
Eu indico muuuito a lindissíma Designer de unhas Miryan Rudiger, que é maravilhosa, ela faz maravilhas com a suas unhas!!!! E isso é um ponto muito importante sempre procure profissionais especializadas e peça sempre equipamentos esterilizados, para que você não passe por situações desagráveis e acabe prejudicando a própria saúde.Fique de olho!
Essa é a minha linda Mi e junto com ela soy yo! (rs), se vcs quiserem conhecer o trabalho dela deixe seu recadinho aqui embaixo que passarei certinho o contato para vcs!
beijokas amouras, até a próxima!!

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Grammy 2012

Olá, uma passadinha rápida para deixar as fotos das "celebrities" no Grammy 2012,elas arrasaram, lógico que as mais ousadas e excêntricas foram Lady Gaga e Nicki Minaj mas quem surpreendeu nesse quesito foi Fergie com um vestido rendado e transparente.Teve tbém as mais discretas, como a linda da Adele com seu Giorgio Armani, e (acreditem) Katy Perry com dois modelitos muito comportados!Já Taylor Swift chegou com um de seus já conhecidos longos e brilhantes, depois trocou por Dolce & Gabbana delicadíssimo! Rihana arrasou na sensualidade em um Giorgio Armani, muuuito mais rebelde que o de Adele. Jassie J, Kelly Osbourne e Rebeca Black também arrasaram em modelitos, diferenciados mas cada uma com um estilo próprio, ficaram lindas! Para subir ao palco, todas mudaram de roupa para fazer o show. Adele colocou um vestido longuete, acinturado, com renda e poá, para cantar “Rolling In The Deep”. Já Katy Perry apostou em um macacão de vinyl, bem justinho, para cantar “ET” e “Part of Me”. Enquanto isso Rihanna preferiu um conjuntinho preto para cantar “We found Love” e “Princess of China”; e Taylor Swift em um vestido florido para cantar “Mean”....fiquem com as fotinhos!
Beijinhos amouras té maix!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Livro da semana!

Quase esqueci do livro dessa semana...rs, demorei muito para terminar de ler o último, e acabei deixando passar.Então, vou indicar um romance (para variar..kk), "Um estranho no espelho" do perfeito Sidney Sheldon.
Sinopse Conta a história de um famoso comediante, Toby Temple, casado com uma aspirante a atriz, Jill Castle. Toby Temple, o comediante de maior público no cinema e na TV, desde criança sabia que seria famoso fazendo as pessoas rirem.Então, sem dinheiro algum, mas com muita força de vontade, tenta desesperadamente entrar para o hall da fama. Jill Castle, uma beldade sensual, era uma menina pobre, filha de uma costureira, que sempre invejou a vida que levavam as crianças ricas. Sua mãe era uma fanática religiosa, que considerava o sonho de sua filha ser uma estrela de Hollywood, um pecado. Mas Jill não desiste, e foge de casa após uma decepção com seu namorado. Assim, as histórias dessas duas pessoas se cruzam, em Hollywood. Sheldon nos captura para dentro da historia mostrando a força de uma paixão, mas também as suas conseqüências.Toby e Jill estão destinados a se amar apaixonadamente, mas o desenlace da história fará você sentir um frio na espinha e o tomará de absoluta surpresa.
Não deixe de ler mulheres, muito bom mesmo eu garanto! beijokas, té maix!

sábado, 11 de fevereiro de 2012

J dore Dior, um luxo!!!

Voltando ao assunto "perfumes", o escolhido de hoje é o Dior J dore hair Mist (isso mesmo, perfume para os cabelos),resolvi falar um pouquinho desta linha maravilhosa que é minha paixão! Além de derivar da linha J’adore, perfume idolatrado por mulheres no mundo todo, a bruma poderosa é enriquecida com óleo essencial de Ylang-Ylang, que proporciona brilho, maciez e luminosidade. Agora você pode ficar cheirosa do cabelo aos pés...
A linha J’Adore Dior, que era composta por quatro perfumes (J’Adore L’Or Essence de Parfum; J’Adore L’Absolu Eau de Parfum Absolute; J’Adore Eau de Parfum; e J’Adore L’Eau Floral Cologne), acaba de apresentar seu último lançamento: J’Adore Dior Eau de Toilette é a mais nova fragrância feminina de Dior, um perfume que reflete a poesia das mais refinadas essências florais. François Demachy assina o novo perfume J’Adore Dior Eau de Toilette, onde cada essência é obtida através da destilação, um primoroso procedimento exclusivo da Haute Parfumerie que revela as facetas mais radiantes e delicadas de cada flor. O perfumista, responsável por outras fragrâncias excepcionais da maison Dior, declarou que “uma flor sempre permanece indefinida [em seus perfumes], apesar de todo mundo pensar ser possível reconhecê-la; entretanto, toda flor pode ser reinventada por um número infinito de vezes”. A verdadeira obsessão de Christian Dior era tornar as mulheres não apenas mais bonitas, mas também mais felizes. As formas audaciosas e os tecidos esvoaçantes presentes na alta costura da maison francesa sempre procuraram mostrar as curvas femininas em suas formas mais fluídas e sensuais. Assim, entre um e outro desenho, as linhas do número ‘8’ surgiram como uma inspiração mágica para a criação dos frascos da coleção J’Adore Dior. Com um pescoço mais acentuado, o frasco desenhado por Hervé Van der Straeten reflete as linhas modernas de uma ânfora, refletindo toda a extravagância do estilo Dior. Os fios de ouro entrelaçados evocam os colares usados pelas mulheres Masai, além de também fazer referência às gargantilhas de renda que adornavam o pescoço das mulheres elegantes do século XIX, como a mãe de Christian Dior costumava usar. A campanha publicitária de J’Adore Dior Eau de Toilette foi protagonizada pela atriz e modelo sul-africana Charlize Theron, que desde 2004 é a musa da coleção J’Adore Dior. Os perfumes e cosméticos da linha J’Adore Dior possuem fragrâncias florais que simbolizam a feminilidade de forma dramática, sofisticada e glamurosa é o irresistível estilo Dior....
Mulheres se vocês ainda não experimentaram eu recomendo muito, escolha a fragrância que mais combina com você....garanto que vai se apaixonar! Até a próxima! .

Clutch!!!

Bom falamos das roupas de como usá-las e o que usar. Nessa conversa falamos que os acessórios ajudam muito na hora de compor o look. Então vamos falar de um destes acessórios que fez a cabeça das mulheres no inverno de 2011 e acbou entrando em 2012 em super alta, são as clutchs, mas conhecidas como carteira de mão, ou bolsa carteira.
Elas sairam das festas e eventos sociais para ganharem as ruas, agora podem ser usadas durante o dia, mas essas já são um pouco maiores e mais básicas. Vieram também com estampas variadas, florais, com metais, e aplicações. Eu particularmente adoro muito, elas são charmosas, e deixam você chique. Mas lembre-se nela você vai levar apenas seu batom, celular e chaves. Para que não fique estufada e acabe estragando seu visual.
Então mulheres, resolvi falar sobre assunto com vocês, porque na verdade nem eu tinha aderido a essa nova febre, mas depois que comprei uma da querida Cléo Santos ( que produz modelos lindíssimos), acabei me rendendo, e agora quero muito mais..rs... Bom essa eu usei em um evento, para quebrar a seriedade do tubinho preto, escolhi uma com estampa floral e o sapatinho também deu uma variada, para deixar o look rebeldinho....
Ahhhhh, se vocês gostaram, então fiquem ligadinhas, na semana que vem vai rolar um sorteio de uma dessas lindinhas, acompanhem o blog e a página no facebook, que explicarei certinho como participar! beijinhos minhas amouras!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Novidades Yes! Cosmetics...

Então mulheres com a minha correria ainda não consegui passar na loja da minha linda e querida Carol, para pegar as novidades deste mês da Yes! Mas antes mesmo de usar não paro de receber elogios sobre os produtos, o fixador de sombras e o corretivo liquido HD, realmente impressionante a aceitação do produto, na verdade isso com a Yes não é novidade, é tudo muito surpreendente, maquiagem de baixo custo e ótima qualidade, além da variedade, na linha de maquiagem, hidratação e perfumaria. Voltando ao fixador de sombras que bombou na internet, a dica é não aplicar uma camada muito espessa para que a sombra não crie marcas e não se aglutine no côncavo do olho.Para o corretivo é válida a mesma dica, por ser liquido pode causar o mesmo efeito. Feito isso é maquiar e arrasar!!!